Logo Radio Divinópolis

POLICIAL

Logomarca

NOTÍCIAS - POLICIAL

Pastor acusado de enganar fiéis e dar prejuízo de R$ 300 mil é preso em Divinópolis

08/10/2019

imprimir Facebook Twitter
Capa

Ele oferecia sociedade e falsas franquias em sua empresa que faz recursos de multa de trânsito  

Acusado de dar um prejuízo de cerca de trezentos mil reais em fieis, o pastor e empresário Jesiel Júnior Costa Oliveira, de 40 anos, foi preso na manhã desta terça-feira pela Polícia Civil de Divinópolis. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão na casa e empresa dele e, na Igreja onde ele é pastor.

Segundo a delegada da Polícia Civil, Adriene Lopes, o pastor é dono de uma empresa que faz recursos de multa de trânsito, a Multare, situada na Rua Minas Gerais, no centro de Divinópolis. Ele agia convidando as vítimas que eram fieis da Igreja para serem sócias da empresa dele, ou abrir franquias, no entanto, a empresa não é registrada na ABF - Associação Brasileira de Franchising. As investigações começaram em abril desse ano após denuncia de seis vítimas na delegacia.

Ouça


Algumas vítimas venderam carros, imóveis, outros investiram todas as economias que possuíam e posteriormente vieram a tomar conhecimento que foram ludibriadas pelo pastor Jesiel. Segundo a delegada Adriene Lopes, o prejuízo é de cerca de trezentos mil reais.  

Ouça

 

O pastor é também sócio/administrador das igrejas Catedral Embaixada de Deus, Igreja Batista Filadélfia de Divinópolis e Igreja Batista Filadélfia Internacional. Em depoimento, o pastor Jesiel negou as acusações. Ele disse que vai provar sua inocência.

Ouça

 

Algumas vítimas disseram que foram ameaças pelo pastor, inclusive, chegaram a gravar as ameaças. Após ser ouvido na Primeira Delegacia Regional de Polícia Civil de Divinópolis, o pastor e empresário Jesiel Júnior Costa Oliveira foi levado para o Presídio Floramar. Ele responderá pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.  



 1 2 3 4 Fim